PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV)

Última modificação: 
24/04/2017 - 17:14

A Profilaxia Pós-Exposição, ou simplesmente PEP, é um tratamento com terapia antirretroviral (TARV) por 28 dias para evitar a sobrevivência e a multiplicação do HIV no organismo de uma pessoa. Ela é indicada para as pessoas que podem ter tido contato com o vírus em alguma situação, tais como:

  • Violência sexual;
  • Relação sexual desprotegida (sem o uso de camisinha ou com rompimento da camisinha);
  • Acidente ocupacional (com instrumentos perfurocortantes ou em contato direto com material biológico).

Para funcionar, a PEP deve ser iniciada logo após a exposição de risco, em até 72 horas. Você deve procurar imediatamente um serviço de saúde que realize atendimento de PEP assim que julgar ter estado em uma situação de contato com o HIV. É importante observar que a PEP não serve como substituta à camisinha. Muito pelo contrário: o uso de preservativos masculinos e femininos é ainda a principal e mais eficiente maneira de se evitar o HIV. Não deixe jamais de utilizar camisinha e se proteger em toda relação sexual.

Como funciona?

A PEP consiste na ingestão de uma pílula em uma dose diária única, mas, a depender da avaliação do profissional de saúde que o atender, você pode ser orientado a seguir outra combinação de medicamentos, o significar que você talvez precise tomar mais de um medicamento por dia. O mais importante é ter em mente que o tratamento, independentemente da quantidade diária de pílulas, não pode ser interrompido durante os 28 dias de duração, devendo ser tomado conforme prescrito pelo médico.

Isso é muito importante, pois, caso você não siga as orientações que recebeu de seu médico, o tratamento pode falhar e, dessa forma, não impedirá que o vírus sobreviva e se reproduza em seu organismo, o que fará com que você contraia o HIV.

Por isso, obedeça rigorosamente às doses, aos intervalos de uso e à duração da PEP, conforme orientado pelo profissional que realizou seu atendimento. Como todo medicamento, os antirretrovirais utilizados na PEP também podem causar efeitos indesejados. Os mais comuns são: dor de cabeça, enjoos e diarreia. Caso você desenvolva algum desses sintomas, não interrompa jamais o tratamento. Procure imediatamente o serviço que lhe atendeu e prescreveu a PEP para buscar orientações quanto a esses efeitos. Seu médico lhe orientará sobre como proceder.

Onde encontrar a PEP?

O atendimento para PEP é gratuito e um direito seu, garantido pela Constituição Federal, pela Lei 8080/90 (Lei Orgânica do SUS) e pela Lei 9313/96, que estabelece a gratuidade da oferta universal de Terapia Antirretroviral (TARV) àqueles que preencham os critérios do Ministério da Saúde.

Veja aqui os serviços que realizam atendimento de PEP 

Outras informações importantes

O primeiro atendimento após a exposição ao HIV é considerado pelo Ministério da Saúde uma emergência médica, devendo a PEP, quando for o caso, ser iniciada o quanto antes. O ideal é que seu início se dê duas horas após a exposição e, no máximo, em até 72 horas.

Assim, é importante que você mencione expressamente, em linguagem clara e direta, que acredita ter sido exposto ao HIV e precisa de um atendimento médico para PEP o mais rápido possível. Note que isso não significa necessariamente que seja recomendado o início da PEP no seu caso. O profissional que o atender irá julgar, a partir das recomendações do Ministério da Saúde, se seu caso se encaixa no atual protocolo clínico de PEP.

Durante o atendimento, você precisará responder ao médico perguntas sobre como e quando foi exposto. Esse atendimento pode variar se você estiver sob efeito de álcool ou outra droga. Caso você julgue que precisa da ajuda de um amigo, parente ou de um assistente social, peça-lhe que o acompanhe na consulta.

Aproveite e tire todas as dúvidas que tiver sobre a PEP e sobre outras formas de prevenção. Caso o profissional recomende o início de PEP, não deixe de perguntar sobre:

  • Os medicamentos que ele receitará;
  • A quantidade e os horários nos quais você deve tomá-los. Lembre-se que, independentemente de quais medicamentos forem receitados, a PEP dura 28 dias;
  • Onde você deve retirar os medicamentos para não descontinuar o tratamento, caso não receba todos;
  • Os possíveis efeitos colaterais e o que fazer caso estes ocorram. Pergunte se há algum serviço de apoio para a adesão ao tratamento nessas quatro semanas e se há algum telefone para que possa ligar caso surja outra dúvida.

Todas as pessoas potencialmente expostas ao HIV devem ser orientadas sobre a necessidade de repetir a testagem em 30 dias e em 90 dias após a PEP, mas você não precisa fazer a PEP para se testar. Caso seu médico não recomende o início da PEP no seu caso, aproveite para conhecer sua sorologia e tirar todas as suas dúvidas sobre prevenção.

App PEP

Todo o conteúdo sobre a PEP, inclusive os locais de atendimento, está disponível no aplicativo para dispositivos móveis. Você pode baixar o app na Play Store e na Apple Store, ou utilizar os QR codes abaixo:

QR Code - Android 

  

 QR Code - IOS

Gestor
Se você atua na gestão de saúde estadual ou municipal
clique aqui
 
 
 
 
 
Veja também: