Doença Inflamatória Pélvica (DIP)

O que é

É uma síndrome clínica causada por vários microrganismos, que ocorre devido à entrada de agentes infecciosos pela vagina em direção aos órgãos sexuais internos, atingindo útero, trompas e ovários, causando inflamações.  Esse quadro acontece principalmente quando a gonorreia e a infecção por clamídia não são tratadas.

Formas de contágio

Essa infecção pode ocorrer por meio de contato com as bactérias após a relação sexual desprotegida. A maioria dos casos se dá em mulheres que têm outra IST, principalmente gonorreia e infecção por clamídia não tratadas.

Entretanto, também pode ocorrer após algum procedimento médico local – como inserção de Dispositivo Intrauterino (DIU), biópsia na parte interna do útero ou curetagem.

O uso da camisinha masculina ou feminina é a melhor forma de prevenção.

Sinais e sintomas

  • Dor na parte baixa do abdômen (no “pé da barriga” ou baixo ventre) e/ou durante a relação sexual.
  • Dor abdominal e nas costas.
  • Febre, fadiga e vômitos.
  • Corrimento vaginal, sangramento vaginal, dor ao urinar.

Diagnóstico e tratamento

Na presença de qualquer sinal ou sintoma de DIP, recomenda-se procurar imediatamente um profissional de saúde para o diagnóstico correto e indicação do tratamento adequado.

Em casos mais graves, é necessária a internação hospitalar para uso de antibiótico por via venosa.