BRASIL-FRANÇA 2017

Prevenção Combinada, incluindo PrEP, é tema do seminário Brasil-França

A epidemiologia no contexto atual

13.11.2017 - 15:52
16.11.2017 - 16:15

[node:title]“A Epidemiologia das Infecções Sexualmente Transmissíveis no contexto da Profilaxia pré-Exposição (PrEP)”; este é o tema do 24º Seminário Técnico-Científico Brasil-França em IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, que ocorre nesta segunda-feira (13) até terça-feira (14) no Rio de Janeiro, com a participação do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde.

A abertura do evento contou com a presença da Diretora do DIAHV Adele Benzaken, da médica do Serviço de Doenças Infecciosas e Tropicais do “Hôpital Saint-Louis”, da França, Nathalie de Castro, e do adido para ciência e tecnologia do Consulado Geral da França no Brasil, Phillipe Michelon.

Phillipe Michelon ressaltou a importância da continuidade da parceria Franco-brasileira, que se fortalece nesta 24ª edição. “Mais de mil pesquisadores franceses já vieram ao Brasil para intercâmbio e trocas de experiências, e para trabalharem juntos técnico e cientificamente. Afinal, trata-se de saúde pública, e precisamos enfrentar todos os desafios a serem superados no combate às IST”.

A diretora do DIAHV Adele Benzaken destacou a participação da academia, da sociedade civil e de técnicos do DIAHV presentes neste encontro.”São mais de 27 anos de parceria Brasil-França. Esse tempo de cooperação se mistura com a própria história do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. A constância dessa parceria nos traz a um momento importante hoje, que estamos vivendo no Brasil, que é a implementação da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no SUS, que completará o nosso sistema de Prevenção Combina na rede pública de saúde. Este 24º seminário reflete este momento, em que nossa estratégia de luta contra as ISTs se fortalece no Brasil”.

No contexto da abordagem total de saúde sexual, a Chefe de Pesquisa em Saúde Pública e Ciencias Sociais da Agência Francesa de Pesquisa sobre HIV, Aids e Hepatites Virais (ANRS), France Lert, apresentou as estratégias nacionais de saúde do seu país. Ressaltou a importância de promover a pesquisa e o conhecimento em saúde sexual e envolver novos atores numa estratégia comum. Em seguida, a diretora do DIAHV Adele Benzaken apresentou os avanços nas ações brasileiras no combate às IST, HIV/Aids e Hepatites Virais implementadas nos últimos anos, com destaque para a construção da Prevenção Combinada como estratégia de combates às ISTs, que hoje se completa com a inclusão de PrEP no SUS.

PrEP – A primeira fase da implementação da PrEP no SUS terá início em dezembro nos seguintes estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Minais Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A oferta desta profilaxia estará disponível em trinta e cinco postos de serviços do SUS nesses estados.

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

Prevenção Combinada, incluindo PrEP, são temas do seminário Brasil-França A epidemiologia no contexto atual