AUDIÊNCIA PÚBLICA

Plano de Enfrentamento das Hepatites na região norte

A audiência pública para expor o projeto está agendada para 19 de setembro, às 16h, no plenário 7 da Câmara.

04.09.2017 - 09:21
06.09.2017 - 19:47

[node:title]O “Plano de Enfrentamento das Hepatites na Região Norte do Brasil” passará por consulta pública na Câmara. Será uma oportunidade para que os Deputados Federais e o público em geral conheçam o plano, seus objetivos, metas e estratégias. O evento será transmitido também pela TV Câmara.

O presidente da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), deputado federal Hiran Gonçalves (PP) atendeu ao pedido de agendamento da Diretora do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), Adele Benzaken, em reunião realizada na quinta-feira (31). O evento será realizado em conjunto com a CSSF e pela Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, para debater o plano proposto.

O projeto, denominado “Plano de Enfrentamento das Hepatites na Região Norte do Brasil”, consiste em estratégias direcionadas para a vigilância epidemiológica, prevenção, assistência e articulação com a sociedade civil, além de forte empenho em comunicação, para levar informações à população.

O plano pretende mapear a oferta de serviços de saúde para prevenção, diagnóstico e tratamento; identificar o itinerário terapêutico para ações efetivas; e incrementar ações para a vigilância epidemiológica das hepatites B, C e D; Incentivar a ampliação da cobertura vacinal e estimular ações para reduzir a transmissão vertical da hepatite B é outro item relevante das ações que estão sendo planejadas. 

Estão convidados a participar desta audiência pública o Presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate às Hepatites Virais, Deputado Marcos Reátegui (PSD-AP), e Sidney Raimundo Silva Chalub, médico da Fundação Hospital Adriano Jorge, Manaus (AM).

Adele Benzaken, ao final da reunião, convidou o deputado Hiran Gonçalves para participar do 11º Congresso de HIV/Aids e 4ºCongresso de Hepatites Virais, que tem como tema “Prevenção Combinada: multiplicando escolhas”, que vai ocorrer em Curitiba, de 26 a 29 de setembro.  O deputado foi convidado também para o World Hepatitis Summit 2017, que será realizado em São Paulo, de 1 a 3 de novembro.

O BRASIL COMO PROTAGONISTA

Em 2010, na 63ª Assembleia Mundial de Saúde, o Brasil liderou a primeira resolução sobre hepatites virais da história que estabeleceu o Dia Mundial das Hepatites, que é celebrado anualmente em 28 de julho.

Em 2014, na 67ª Assembleia Mundial de Saúde, o Brasil patrocinou uma nova resolução da OMS que exortou governos a desenvolver e implementar estratégias coordenadas e multissetoriais para a prevenção, diagnóstico e tratamento da hepatite viral.

O Brasil sediou e copatrocinou, em 2015, a Consulta Regional Latino-Americana e do Caribe sobre Estratégias Globais na área da saúde para HIV, DST e Hepatites Virais, em conjunto com a OMS e OPAS.

O Brasil aumentou o número de pessoas elegíveis para vacinação gratuita no SUS contra a hepatite B, para acesso universal e gratuito em 2016. Até 2013 era somente para pessoas com até 49 anos de idade.

Mais informações sobre o congresso podem ser consultadas aqui:  http://189.28.129.138/pt-br

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

Audiência Pública para expor o projeto está agendada para 19 de setembro