LUTO

Morre Brunna Valin, referência na luta contra aids

Diretora do Fórum das ONG/Aids de São Paulo, Brunna tinha 45 anos

02.06.2020 - 18:25
02.07.2020 - 19:27

 O Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI) lamenta a morte de Brunna Valim, ocorrido na segunda-feira, 1º de junho, em São Paulo. Atuante desde os quinze anos na luta contra a aids, era diretora do Fórum das ONG/Ais de São Paulo, que reúne organizações na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), na ampliação de ações de prevenção ao HIV e outras coinfecções e na garantia de direitos das pessoas que vivem com HIV e Aids.

Brunna era natural de São José do Rio Preto (SP) e cursava Ciências Sociais. No movimento HIV/Aids, em 2009 atuou como orientadora socioeducativa no Centro de Referência e Defesa da Diversidade.  Brunna, como mulher trans, atuou em movimentos em todo estado de São Paulo. Esteve à frente do Grupo Pela Vidda de São Paulo e também foi vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde de São Paulo.

O DCCI se solidariza com a família, amigos e ativistas pela perda de Brunna Valim, cujo trabalho e dedicação contribuiram muito para a prevenção ao HIV/aids, as pessoas trans - considerada uma das populações-chave na resposta ao HIV/aids.