NOTA À IMPRENSA

Ministério da saúde informa sobre medicamentos para aids

Nota reitera que não há desabastecimento do medicamento 3 em 1 para o tratamento de HIV/aids no Brasil

22.08.2017 - 14:22
24.08.2017 - 17:23

[node:title]O Ministério da Saúde reitera que não há desabastecimento do medicamento 3 em 1 (tenofovirlamivudina e efavirenz) para o tratamento de HIV/aids, no Brasil.  O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HVI/Aids e Hepatites Virais esclarece que, se há relatos pontuais sobre este suposto desabastecimento, eles se devem unicamente a problemas de logística locais. Este é o caso dos estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, conforme noticiado recentemente pela imprensa desses estados.

Vale destacar que o Ministério da Saúde distribuiu na semana passada kits de carga viral aos 91 laboratórios da rede pública de saúde. O quantitativo corresponde à, aproximadamente, 60% da demanda mensal. No entanto, cabe a cada laboratório avaliar seus estoques e, gradativamente, restabelecer o atendimento dos exames de carga viral em todo o país. Vale considerar ainda que está prevista para a próxima semana uma distribuição em quantidade suficiente para dois meses de consumo, devendo ocorrer um novo envio até meados de setembro. Nesta ocasião, será emitido um comunicado que revogará a priorização proposta na Nota Técnica n.º 119/2017, que orientou para a priorização temporária de exames de carga viral de HIV a gestantes e crianças até 18 meses de idade.

Abaixo, dados referentes ao abastecimento do medicamento 3x1 nos estados do RN e RJ.
 

RIO GRANDE DO NORTE do 3x1

Consumo Médio Mensal: 58.260 comprimidos
Estoque no estado: 142.680 comprimidos

 

RIO DE JANEIRO-estado:

Consumo Médio Mensal: 309.404 comprimidos
Estoque no início de agosto: 476.120 comprimidos, incluindo 130.500 entregues no dia 1º de agosto.
(Observação: o almoxarifado do estado distribuiu 355.200 comprimidos em julho de 2017)
Nova entrega realizada: 330 mil comprimidos na última quinta-feira, 17 de agosto.

 

RIO DE JANEIRO-município:

Consumo Médio Mensal: 441.260 comprimidos
Estoque no início de agosto: 454.202 comprimidos.
(Observação: o almoxarifado do município distribuiu 434.190 comprimidos em julho de 2017.)
Nova entrega realizada: 465 mil comprimidos na última sexta-feira, 18 de agosto.

 

Mais Informações: Ascom/MS
(61) 3315.3580

 

Típo da notícia: Saiu na Imprensa