CAPACITAÇÃO

Médicos participam de oficina de formação e atualização em genotipagem

Intuito é atualizar e formar médicos de referência para suprir e agilizar laudos à população brasileira

27.09.2018 - 18:27
08.10.2018 - 14:48

 

[node:title]Nos dias 13, 14, 15 e 17 de agosto, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza receberam as Oficinas de Atualização e de Formação para Médicos de Referência em Genotipagem (MRG), promovidas pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde.

O MRG é responsável por analisar e interpretar a resistência genotípica – que são as mutações do HIV – detectadas através do exame de genotipagem. O uso do Sistema de Informação para Rede de Genotipagem (Sisgeno) permite a consulta de exames e emissão de parecer dado pelos médicos.

O objetivo das oficinas é atualizar os conceitos de genotipagem e estruturar a atuação de MRG nos estados, com intuito de garantir a suficiência das redes estaduais e a qualidade dos laudos no Sisgeno.

Ao todo, foram capacitados 120 médicos de todo Brasil e mais 40 médicos infectologistas foram formados. Os cursos tiveram duração de 12 horas presenciais e mais carga horária de ensino on-line que deve ser cumprida e que envolve a elaboração de laudos no sistema, com acompanhamento e avaliação de um tutor.

A conclusão da formação resultará em mais profissionais para compor a Rede Nacional, dando assim, suficiência e agilidade nos laudos dos exames para a população.

Saiba mais sobre o Sisgeno aqui.

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV