CNAIDS

Implementação da PrEP é debatida na última reunião ano

Durante o encontro do Conselho também foram apresentados o Hepaids 2017 e plano de enfrentamento da Hepatite D na região Norte

06.09.2017 - 19:46
18.09.2017 - 09:25

[node:title]Atualizações sobre a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) e do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Conifecções; Processo de Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical do HIV; e informes do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. Esses foram os temas debatidos durante a 124ª Reunião da Comissão Nacional de IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (Cnaids) – a última de 2017 -, realizada na terça-feira (5), em Brasília.

"Esta Diretoria tem como norte o processo de escuta. Portanto, uma reunião como esta, da CNAIDS, é que nos orienta no sentido de traçar ações e estratégias efetivas. Aqui, neste encontro, que todo o nosso processo de trabalho e essa representação toma corpo”, destacou a diretora do DIAHV, Adele Benzaken.

Na abertura da reunião, Adele Benzaken apresentou as ações do departamento realizadas ao longo de 2017 e destacou que a Prevenção Combinada é o mote do DIAHV. “É a prioridade em todas as nossas ações. Estamos focados na Prevenção Combinada pois esta representa alternativas que as pessoas encontram para se prevenir do HIV, das IST e das hepatites”, afirmou.

Também foram debatidas as ações de redução de danos e a proposta de ampliação dos Centros de Testagem e Atendimento (CTA) em todas as regiões do país, com a participação conjunta de estados e municípios. “Vamos realizar visitas para buscar a melhoria dos CTAs”, disse Adele Benzaken.

A diretora do DIAHV destacou, ainda, a confirmação da medida, anunciada dia 4 de setembro, que garante a aquisição centralizada das penicilinas benzatina e cristalina pelo Ministério da Saúde para o tratamento da sífilis. “A compra centralizada vai resolver o problema do desabastecimento dos medicamentos que atinge vários países”, afirmou a diretora. 

O 11º Congresso de HIV/Aids e 4º Congresso de Hepatites Virais - HepAids 2017 -, que será realizado em Curitiba entre 26 e 29 de setembro, foi mencionado principalmente pelos lançamentos dos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT). “Durante o evento, iremos lançar os PCDTs já aprovados e o Manual dos Cinco Passos para a Prevenção Combinada ao HIV na Atenção Básica”.

PrEP – Em “Incorporação da Profilaxia Pré-Exposição ao HIV no SUS”, foram apresentadas as etapas de todo o processo de implementação previstas para ocorre no final de 2017 em 12 municípios. A PrEP será implementada de forma gradual, com foco nas populações com risco à infecção pelo HIV. Serão disponibilizados cerca de 7 mil profilaxias para o primeiro ano e outras 3 mil vinculadas ao estudo ImPrEPO Adulto (estudo da Implementação da Profilaxia Pré-Exposição no Brasil, México e Peru). Paralelamente à implementação da PrEP no Brasil, o DIAHV vai lançar materiais e publicações tais como cartão informativo sobre a profilaxia; folder para usuário da PrEP; guia de bolso para profissionais de saúde; e aplicativo do PCDT da PrEP.

Hepatites – As atividades do Plano de Enfrentamento das Hepatites Virais na reigão Norte do Brasil, com enfoque na hepatite Delta (ou hepatite D), foram debatidos na 124ª Reunião da Cnaids pela consultora do DIAHV e especialista em hepatites virais, Elisa Cattapan. Entre 2002 e 2015 foram registrados 3.660 casos da doença no Brasil, sendo 2.481 na região Norte (67,7% do total do país). O objetivo do plano é ampliar o acesso à prevenção, diagnóstico e tratamento da hepatite Delta no Amazonas, Acre e Pará, envolvendo as três esferas de governo (municípios, estados e União). Serão realizadas ações de comunicação e educação em saúde; construção da linha de cuidado para as hepatites virais; descentralização do diagnóstico para a atenção básica; fortalecimento da vigilância epidemiológica. Os critérios para escolha dos estados e municípios prioritários para os trabalhos foram o perfil epidemiológico; populações que residam em áreas de difícil acesso (principalmente indígenas, quilombolas e ribeirinhas) e a dificuldade de acesso da população aos serviços de saúde.  

SOBRE A CNAIDS – Instituída em 1986, a Comissão Nacional de Aids é a principal instância de participação da sociedade civil na elaboração da resposta ao HIV/aids, IST e hepatites virais. Seu objetivo é o de assessorar o Ministério da Saúde na definição de mecanismos técnicos e científicos para controle desses três agravos. Atualmente, é integrada  por José Cândido da Silva (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa – RNP/PE); Maria Emília Gomes Ferreira (RNP/AM); Heliana Conceição de Moura (Movimento Nacional das Cidadãs PositHIVas – MNCP); Rafael Myranda Gomes (Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV e Aids – RNAJHVA); San Diego Oliveira Souza (RNAJHVA); Aleksanders Virgulino da Silva (Sociedade Civil – MS); Marco Aurélio Oliveira (Sociedade Civil – GO); Thatiane Aquino Araújo (Fórum ONG/Aids – SE); Roberto José da Silva (Sociedade Civil – PE); Evalcilene Costa dos Santos (Fórum ONG/Aids – PA); Claudio Toledo Soares Pereira (Fórum ONG/Aids – SP); Josimar Pereira Costa (Fórum ONG/Aids – RJ); Jorge Renato da Matta Xavier (Articulação Nacional de Saúde de Direitos Humanos – ANSDH); Lucas André Fernandes Soler (ANSDH); Alex Marcelo Amaral da Silva (Fórum ONG/Aids – SC); Carmen Lúcia de Souza Paz (Sociedade Civil – RS); Ana Maria Gomes Haensel Schmitt (Aliança Independente de Grupos de Apoio); Aristótelis Vigas de Almeida (Movimento Brasileiro das Hepatites Virais – MBHV); Veriano de Souza Terto Júnior (Articulação Nacional de Luta Contra a Aids – Anaids); Carla Patrícia Almeida (Anaids); Ester Leite Lisboa (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs no Brasil – Conic); Yara Nogueira Monteiro (Conic).

Mais informações sobre o HepAids 2017 em http://189.28.129.138/

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

124º Reunião da CNAIDS