SAÚDE DO HOMEM

DIAHV participa de simpósio de saúde sexual e reprodutiva masculina

Ministério da Saúde passa a atuar no cuidado a esse público sem distinção por faixa etária

12.06.2018 - 15:18
18.06.2018 - 17:26

 

[node:title]Cerca de 150 pessoas entre gestores do Ministério da Saúde, das coordenações estaduais de saúde do homem e da atenção básica e IST/HIV/Aids e Hepatites Virais; de representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e especialistas em saúde participaram entre 4 e 6 de junho, em Brasília, do II Simpósio de Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva Masculina.

O Departamento de Vigilância, Prevenção de Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) esteve representado pelo diretor substituto do DIAHV, Gerson Pereira, que destacou os altos índices de HIV entre a população masculina. “A aids é um evento raro na população em geral, a prevalência é de 0.4%, mas entre os homens que fazem sexo com outros homens a prevalência é de 18%”, disse. Segundo o diretor do DIAHV, o número de casos de aids também é maior entre os homens, “a proporção entre as pessoas com aids é de 25 homens para cada 10 mulheres”.

Gerson Pereira ressaltou que o alto índice de casos em homens também é fruto de uma questão cultural, já que eles buscam menos os serviços de saúde. “Eles são os que menos se testam, sejam para HIV, sífilis ou hepatites virais. Na vacinação para HPV a cobertura também é baixíssima. No caso do tratamento para aids, os homens jovens são os que menos aderem, procuram menos os serviços de saúde”.

A revisão da política de saúde do homem, sem fazer distinção por faixa etária, foi comentada pela diretora do Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas da Secretaria de Atenção à Saúde, Thereza de Lamare Franco Netto. “A partir deste ano vamos pactuar uma nova política, onde vamos travar conceitos importantes para a saúde do homem, sem separação por idade, focando na saúde integral, desde o nascimento até o envelhecimento. ”

Na sessão de abertura também participaram a representante da Organização Pan-Americana de Saúde, Carla Lisboa; do Conasems, Denise Reinehart; o diretor do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, José Salame Neto; o conselheiro nacional de saúde, Moises Toniolo; a representante do Serviço Social do Comércio (Sesc), Sebastiana Marini e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Deimiluce Lopes Fontes.

Técnicos do DIAHV também estiveram presentes no simpósio, participando dos painéis sobre "Sexualidade humana: mitos, vulnerabilidades e violências/masculinidades e feminilidades" e "Experiências em saúde sexual e saúde reprodutiva" e do grupo de trabalho para construção de ações integradas com parceiros regionais.

Veja mais fotos do evento no Flickr do DIAHV

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV