INTERNACIONAL

DIAHV participa da 61ª reunião da Comissão sobre Drogas Narcóticas

O evento discutirá e encaminhará medidas globais para o controle de drogas.

12.03.2018 - 08:47
13.03.2018 - 08:55

 

[node:title]O Brasil participa da 61ª reunião da Comissão sobre Drogas Narcóticas (CND), que ocorre a partir de hoje (12) e segue até sexta-feira (16) em Viena, Áustria. A delegação brasileira que participa do evento contará com a presença técnicos e gestores do Ministério da Saúde, que darão apoio técnico a missão do Ministério das Relações Exteriores que estará na capital austríaca.

Entre as atividades da delegação brasileira está a participação na sessão paralela “Prevenção do HIV, tratamento e apoio para pessoas que usam estimulantes”, que contará com a presença de representantes Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde, compartilhando informações sobre o uso de drogas estimulantes e ao aumento da vulnerabilidade ao HIV.

Na sessão paralela da qual o Brasil participa, conta com a presença do diretor substituto do DIAHV, Gerson Pereira, e será co-presidida pela “Agência Anti-drogas Bogdan Gheorghe Expert”. A sessão terá também  a presença de Gilberto Gerra, chefe da “Drug Prevention and Health Branch”, Divisão de Operações, da Agência das Nações Unidas para Drogas e Crimes (UNODC) que apresentará os últimos estudos no campo HIV e uso de estimulantes.

REDUÇÃO DE DANOS - A redução de danos é uma estratégia fundamental para acelerar a resposta à epidemia de HIV e erradicá-la, como preconiza o objetivo 3 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Redução de danos está entre as ações prevista na estratégia de Prevenção Combinada do HIV do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais, que faz uso de intervenções biomédicas, comportamentais e estruturais.

Essas intervenções são voltadas para o indivíduo, mas não sem deixar de contemplar suas relações e os grupos sociais a que pertencem. Com isso, se torna possível conhecer e enfrentar as necessidades e especificidades para combater as formas de transmissão do vírus.

SOBRE A CND - A Comissão sobre Drogas Narcóticas é o órgão central das Nações Unidas para políticas relacionadas a drogas e dela participam representantes de Estados-membros e da sociedade civil internacional, que discutem e encaminham medidas em nível global para o controle de drogas. Fundada em 1946, a CND teve seu mandato ampliado na década de 1990, passando a funcionar no âmbito da UNODC.  Além de fornecimento e tráfico de drogas ilícitas, a comissão discute também questões relacionadas à prevenção de abuso de drogas e à reabilitação de pessoas que usam drogas, entre outros.

Programação e mais informações estão disponíveis on-line (em inglês)

A sessão de abertura da CND acontece dia 12, a partir 6 da manhã (horário de Brasília) e pode ser acompanhada pela internet no link: http://www.unodc.org/unodc/en/commissions/CND/index.html

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV