DOLUTEGRAVIR

DIAHV atualiza todos os protocolos clínicos de prevenção e tratamento do HIV

Revisão ocorre em decorrência do alerta da OMS sobre risco de uso dolutegravir por mulheres em idade reprodutiva

01.06.2018 - 11:49
14.06.2018 - 18:54

DIAHV atualiza todos os protocolos clínicos de prevenção e tratamento do HIV

O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde atualizou, na última semana, quatro protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas (PCDTs) para o HIV. A mudança decorre de alerta emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) quanto ao potencial risco de uso do medicamento dolutegravir em mulheres vivendo com HIV no momento da concepção. Foram atualizados os PCDTs para Manejo da Infecção pelo HIV em Adultos, para Manejo da Infecção pelo HIV em Crianças e Adolescentes, para Transmissão Vertical de HIV, Sífilis e Hepatites Virais e  para a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) de Risco à Infecção pelo HIV, IST e Hepatites Virais.

A declaração da OMS foi emitida após divulgação de resultados preliminares de um estudo observacional independente realizado em Botsuana. O estudo encontrou malformação congênita (defeitos de tubo neural) em filhos de mulheres que engravidaram enquanto tomavam o antirretrovial dolutegravir. 

Em todos os protocolos foram incluídos alertas sobre a contraindicação da prescrição do medicamento dolutegravir para mulheres vivendo com HIV em idade fértil que pretendam engravidar. Nesses casos, a recomendação é discutir com o(a) médico(a) o melhor esquema.

As alterações nos PCDTs seguem as recomendações da Nota Informativa nº 10/2018, emitida pelo DIAHV em 18 de maio de 2018.

Acesse aqui as perguntas e resposta sobre o uso do dolutegravir.

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV