EVENTO

DCCI realiza reunião virtual com Coordenações Estaduais Hepatites Virais

Discussão das ações de enfrentamento das Hepatites Virais, no contexto da pandemia de covid-19, e a ampliação do desafio para a eliminação até 2030

28.08.2020 - 10:30
28.08.2020 - 10:44

Com o objetivo de estreitar a interlocução com as Coordenações Estaduais de Hepatites Virais, o Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI), promoveu nesta quarta-feira (26), encontro virtual com os responsáveis pela liderança do combate às hepatites virais nos estados.

O diretor do DCCI, Gerson Pereira, realizou a abertura da reunião fazendo considerações sobre as novidades em relação às hepatites virais (HV), colocando como destaque a importância da migração dos medicamentos utilizados no tratamento das HV, que passarão a compor o rol do componente estratégico da Assistência Farmacêutica. O diretor informou também que os estoques de medicamentos estão adquiridos atende o ano de 2020 e parte de 2021, o que dá segurança em relação a este tema. Gerson Pereira reiterou também a sua confiança nos coordenadores e em seus esforços para que as ações para hepatites, mesmo neste período, tenham continuidade nos estados, afim de atingir metas, como a eliminação da hepatite C, até 2030.

O tom da reunião foi sobre a importância de fortalecer ações de enfrentamento das hepatites virais, considerando as particularidades impostas pela pandemia da Covid-19. O Departamento aproveitou a oportunidade para apresentar informes acerca da redução do consumo de insumos e medicamentos desde o início da pandemia, bem como da diminuição da utilização da rede de carga viral e genotipagem; flexibilização do prazo para resultados de exames para confirmação do diagnóstico; e a adoção de ações de prevenção e vigilância da transmissão vertical das hepatites B e C, evidenciando o impacto do atual contexto nas ações de saúde voltadas às hepatites virais.

Além disso, foi solicitado o apoio dos coordenadores para a divulgação do edital para submissão de projetos da sociedade civil, afim de que as instituições apresentem suas propostas até dia 11 de setembro. O edital está disponível no site da UNESCO.

Também foi evidenciada a importância da implementação da estratégia de microeliminação da hepatite C nas clínicas de diálise e de como dar seguimento a esta proposta nos territórios, uma das prioridades do DCCI em 2020.

Por fim, foi apresentado o status dos trâmites para a mudança dos medicamentos utilizados no tratamento das HV para o Componente Estratégico da Assistência Farmacêutica (CESAF), bem como uma prévia do módulo Hepatites do Sistema de Controle Logístico de Medicamentos (Siclom), sistema desenvolvido e ofertado gratuitamente pelo Ministério da Saúde, que poderá ser utilizado pelos estados e municípios para a gestão do novo modelo de acesso aos medicamentos para hepatites virais.

O DCCI pede às coordenações o acompanhamento das orientações e comunicados relacionados a continuidade das ações durante a pandemia da Covid-19. O ponto focal das hepatites virais, Gláucio Mosimann, colocou a equipe à disposição para dar o suporte necessário afim de que os processos possam seguir da melhor maneira possível, estreitando as relações para a busca conjunta de soluções para o avanço da política de combate às Hepatites Virais.

Veja mais orientações, notas e ofícios sobre a Covid-19 em: http://www.aids.gov.br/pt-br/acesso_a_informacao/legislacao/notas-informativas

Saiba mais sobre a Seleção de Organizações da Sociedade Civil (OSC) para a execução de projetos relacionados à vigilância, prevenção e controle das doenças de condições crônicas e infecções sexualmente transmissíveis - IST: https://fornecedor.brasilia.unesco.org/processes/2904 

Ministério da Saúde
(61) 3315-3580 / 2351 / 3713