GESTÃO

DCCI realiza reuniões virtuais com Coordenações Estaduais

A proposta é dar continuidade às ações pactuadas com os coordenadores estaduais de HIV, Hepatites Virais, IST, Tuberculose e Hanseníase durante a pandemia da covid-19

29.04.2020 - 15:05
02.06.2020 - 18:31

Com o objetivo de manter a interlocução com as Coordenações Estaduais, o Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI) adotou o formato de reuniões virtuais durante a pandemia de covid-19. Na quarta-feira (22), foi iniciado o ciclo de reuniões virtuais com os coordenadores, a fim de subsidiar a gestão sobre as ações propostas pelo DCCI durante o período de distanciamento social, com objetivo de diminuir os possíveis impactos causados pela crise do novo coronavírus.

Com a participação dos coordenadores estaduais de HIV, Hepatites Virais, IST, Tuberculose e Hanseníase de todos os estados e do Distrito Federal, as reuniões foram realizadas com as diferentes Coordenações entre os dias 22 e 24 de abril. O diretor do DCCI, Gerson Pereira, realizou a abertura das reuniões virtuais, fazendo considerações sobre as pautas das reuniões para direcionar a continuidade das ações do DCCI durante a pandemia.

Como pontos comuns para todos os agravos, foi apresentado o panorama do abastecimento e estoques de insumos e medicamentos em cada um dos estados do país, bem como a ampliação da dispensação para 60 ou 90 dias, neste período. Foi lembrada, ainda, a possibilidade de emissão de formulário à distância para retirada de medicamentos por 30 a 60 dias para estrangeiros que não conseguiram retornar aos seus países de origem.

“O DCCI irá ficar atento ao monitoramento dos possíveis impactos da pandemia de covid-19 na cadeia de produção e distribuição desses insumos”, disse Gerson Pereira.

Quanto à rede laboratorial, foi abordada a situação do serviço de diagnóstico nos estados e apresentada a orientação sobre os comunicados emitidos pelo DCCI relacionados à pandemia da covid-19, referente a cada um dos agravos, com destaque para a importância da adequação dos fluxos e uso de cabines de segurança biológica para o diagnóstico de tuberculose, em razão da potencial coinfecção da TB com a covid-19.

Ao fim de cada reunião, Gerson Pereira reiterou a importância da observação dos comunicados e ofícios emitidos pela CGDR/DCCI relacionados à pandemia da covid-19. Informou também sobre a realização de reuniões virtuais com maior frequência, com o propósito de que, neste momento, o DCCI e todas as suas áreas tenham um novo canal de troca e compartilhamento de informações, a fim de dirimir dúvidas e orientar a gestão das Coordenações em seus territórios.

Veja mais orientações, notas e ofícios sobre a covid-19 em: http://www.aids.gov.br/pt-br/acesso_a_informacao/legislacao/notas-inform...