Cabeleireiros reforçam ações de prevenção contra a aids

18.05.2011 - 10:36
LOC/REPÓRTER: Quem cuida da beleza, cuida da saúde. Esse é o lema de cabeleireiros que ajudam na prevenção contra a aids de dentro do salão de beleza. Eles fazem parte da campanha Cabeleireiros contra a Aids, lançada pela UNESCO em parceria com a empresa L'Oreal e que conta com o apoio do Ministério da Saúde. A ideia da campanha é aproveitar a presença desses profissionais na vida das pessoas para levar informações sobre a doença e sobre as formas de evitá-la. O gerente de Direitos Humanos, Risco e Vulnerabilidade do Ministério da Saúde, Gil Casimiro, fala da importância da participação dos cabeleireiros na prevenção da aids. TEC/SONORA: Gil Casimiro – gerente de Direitos Humanos, Risco e Vulnerabilidade do Ministério da Saúde "O objetivo é promover a saúde, prevenir a doença por meio de informações, de atitudes. São mecanismos que possam incentivar e apoiar comportamentos para evitar o contágio do HIV, diminuindo o impacto desse vírus que ainda é uma doença letal no mundo." LOC/REPÓRTER: O cabeleireiro Hélio Nakanishi participa da ação desde 2006, data da implantação da campanha no Brasil. Para ele, os profissionais da área exercem papel importante no engajamento dos clientes. TEC/SONORA: Hélio Nakanishi – cabeleireiro "O cabeleireiro hoje é um formador de opinião com relação a tudo, principalmente, a parte comportamental do ser humano. E nós temos essa responsabilidade de passar isso para os jovens e adultos engajando com essa campanha. E o Brasil é exemplo da prevenção." LOC/REPÓRTER: A campanha, que já existe há dez anos, está presente em mais de trinta países do mundo. O Brasil foi escolhido pelo reconhecimento mundial de seu programa de prevenção e de tratamento humanizado. Tempo do áudio - 1min44seg Reportagem, Alexandre Souza (Web Rádio Saúde)