Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Portal sobre aids, infecções sexualmente transmissíveis e hepatites virais


A- A+

Monitoramento e Avaliação

O Plano Nacional de Monitoramento e Avaliação (PNA) traz as diretrizes técnico-científicas e operacionais do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. O Plano combina o monitoramento com a necessidade de estudos avaliativos especiais que considerem intervenções estratégicas e a diversidade nacional.

A atuação dessa área é direcionada para a criação de sistemas que ofereçam dados confiáveis ao Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Relatórios como a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas relacionadas às DST e Aids orientam as atividades do Departamento e a criação de políticas públicas. Para apoiar a produção dessas estatísticas foram desenvolvidos dois grandes sistemas:

Monitoraids: o Sistema de Monitoramento de Indicadores do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais possui vários parâmetros que acompanham os principais aspectos relacionados ao HIV/aids e outras DST. São apresentados os indicadores disponíveis para o Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação. Esses indicadores podem ser desagregados segundo várias outras categorias, tais como idade e sexo, além de alguma variável que caracterize o nível socioeconômico, possibilitando a análise de desigualdades pelo país.
Acesse aqui.

Sistema de Monitoramento da Política de Incentivo: desenvolvido para verificar o andamento do proposto no Plano de Ações e Metas (PAM) dos municípios e estados qualificados para a Política de Incentivo. Além disso, permite acompanhar o desempenho financeiro das parcerias com as organizações da sociedade civil e dos acordos visando a aquisição de medicamentos para doenças sexualmente transmissíveis e infecções oportunistas e de preservativos.
Acesse aqui.

 

Capacitação

A capacitação é realizada por meio de oficinas, visitas técnicas ou viagens de estudo, com o objetivo de estimular a transferência de tecnologia em monitoramento e avaliação. Além disso, as regiões com excelência em avaliação possuem uma parceria com instituições dos Estados Unidos, as quais dividem entre si o processo de capacitação. Nesses cursos, chamados de twinning, os técnicos em monitoramento e avaliação estudam e recebem suporte de instituições brasileiras e americanas. As instituições parceiras também fazem transferência de tecnologia de amostragem para populações de difícil acesso.

 

Descentralização das atividades

Nas cinco regiões do país existem polos de excelência na área para multiplicar as ações de M&A em programas de controle do HIV/aids e outras doenças sexualmente transmissíveis em sua região. A criação dessa rede facilita as atividades de troca de experiências e educação continuada. 

Além disso, há uma rede interna de avaliadores no Departamento, composta por técnicos das diversas unidades técnicas capacitados em monitoramento e avaliação. 

 

Estudos especiais

O Plano Nacional de M&A prevê a realização de estudos avaliativos para responder a questões prioritárias observadas durante o processo de monitoramento, ou então, de interesse técnico ou político do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.

Principais estudos em monitoramento e avaliação:

  • Avaliação dos Testes Rápidos
  • Avaliação do Grau de Implantação do Projeto Nascer - Maternidades
  • Avaliação do Projeto de Distribuição de Preservativos na Escola 
  • Avaliação da Dispensação de Medicamentos ARV
  • Conscritos 
  • Sentinela parturiente 
  • Pesquisa de Conhecimento, Atitudes e Práticas Relacionadas ao HIV/Aids na População Brasileira de 15 a 54 anos - 2009
  • Avaliação de Campanha de Mídia.

Share:

Twitter Facebook