Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

Portal sobre aids, doenças sexualmente transmissíveis e hepatites virais


A- A+

Começou oficialmente o Mês de Vacinação nas Américas do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (DSEI-Y) de Roraima. A abertura da campanha foi no dia 23...

Conteúdo extra: Galeria de fotos

Da Redação



Começou oficialmente o Mês de Vacinação nas Américas do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (DSEI-Y) de Roraima. A abertura da campanha foi no dia 23, na Aldeia Balawa-u, localizada no Município de Barcelos (AM), também de responsabilidade do DSEI-Y, e contou com várias lideranças indígenas dos povos Yanomami.


Segundo o chefe do DSEI-Y, que representou a Coordenação Regional da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Eurico de Vasconcelos Filho, a campanha é uma ação do Governo Federal, através do Ministério da Saúde (MS) e Funasa, que visa ampliar as ações de imunização nas áreas indígenas de difícil acesso com coberturas vacinais.


O Mês de Vacinação faz parte da Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas no Brasil que tem estabelecidas como prioridades ações de promoção, prevenção e controle de agravos oportunizando o acesso aos serviços de saúde e o atendimento com eqüidade a todos os povos indígenas. A intensificação das ações de imunização é uma estratégia eleita como prioridade para estabelecer o controle de agravos por doenças imunopreveníveis.


No DSEI Yanomami a operacionalização das ações de imunização está sendo realizada entre os dias 23 de abril a 5 de maio, quando serão aplicadas aproximadamente 1.675 doses de imunobiológicos tais como febre amarela, tuberculose, pólio, influenza, hepatite B, tríplice viral, varicela, pneumococo, DTP, tetravalente e dT em diferentes grupos etários tais como: menores de 1 ano, 1 a 4 anos, as mulheres em idade fértil (12 a 49 anos) e os maiores de 60 anos considerados mais vulneráveis para as doenças imunopreveníveis. Além do grupo etário priorizado, serão administrados imunobiológicos em toda a população.


Foram pactuadas para a vacinação as aldeias de diferentes regiões do Distrito Yanomami, onde residem aproximadamente 1.850 indígenas, localizadas nos pólos-base do rio Padauiri, Surucucu e Palimiu.


Para realizar o trabalho o DSEI-Y dispõe de quatro equipes de vacinação compostas por 11 profissionais, sendo enfermeiros, técnicos de enfermagem e um médico que vai monitorar as ações. A equipe de apoio é composta por diferentes profissionais considerando que a organização logística é toda realizada por via aérea, serão utilizados aeronaves tipo monomotor além de um helicóptero que fará a distribuição e resgate das equipes nas aldeias.


A oferta de imunobiológico influenza acompanhará o calendário do programa que recomenda a aplicação em abril deste ano, oportunidade na qual será aplicada nova cepa da vacina.


Das 10 aldeias que estão na programação da campanha, até a semana passada, seis já foram atendidas. As quatro restantes se encontram dentro do Estado de Roraima. A população Yanomami atual é de 15.896 indivíduos. (MA)


Folha de Boa Vista - RR

Tags: