Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Portal sobre aids, infecções sexualmente transmissíveis e hepatites virais


A- A+

IST-HIV

Processo de certificação da transmissão vertical do HIV é apresentado em Congresso

Foram eleitas 82 cidades com mais de 100 mil habitantes para criar grupos multidisciplinares de trabalhos

Conteúdo extra: Galeria de fotos

O pôster Processo de Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical do HIV no Brasil apresentou o levantamento realizado em todos os municípios brasileiros com o intuito de verificar quais possuíam condições de iniciar o trabalho de certificação. A atividade, apresentada durante o XI Congresso da Sociedade Brasileira de DST e VII Congresso Brasileiro de Aids, é assinada pela equipe do DIAHV composta por Adele Benzaken, Ronaldo Coelho, João Paulo Toledo, Gerson Pereira, Renato Girade, Ana Roberta Pascom, Alessandro Cunha e Rachel Ribeiro.

A pesquisa incluiu como indicadores de impacto as taxas de detecção de HIV entre crianças por ano de nascimento e a proporção daquelas com até 18 meses de idade expostas ao HIV em cidades com mais de 100 mil habitantes. Para atingir as metas de impacto, os municípios precisavam apresentar taxa de detecção de HIV de 0,3 por mil nascidos vivos e proporção anual inferior a 2% de crianças expostas ao vírus que se infectaram.

Dos 5.570 municípios pesquisados, 3.816 foram elegíveis para a certificação. Desses, 1.949 apresentaram critérios mínimos para o processo, sendo 82 deles selecionados por terem população acima de 100 mil habitantes. Os dados analisados compreenderam o período entre 2012 e 2014.

Assim, as cidades selecionadas devem criar um grupo de trabalho multidisciplinar para investigar os indicadores de impacto e processo estabelecidos, e precisam encontrar alguns indicadores de processo que incluem cobertura pré-natal; testes de HIV realizados durante o pré-natal entre mulheres grávidas; e terapia antirretroviral entre gestantes infectadas. Com base nessas evidências, as cidades receberão um certificado de eliminação da transmissão vertical do HIV, a fim de incentivar outros municípios a seguirem o mesmo exemplo.

 

 

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsH

Tags:

Share:

Twitter Facebook