Campanha de Carnaval: Não importa de que lado você está, use camisinha - 2001

Campanha de Carnaval: Não importa de que lado você está, use camisinha - 2001
Data da campanha: 
2001

 

A campanha de Carnaval deste ano procurou focalizar a percepção individual sobre situações de risco e vulnerabilidade, buscando motivar o uso do preservativo. 

População: homens e mulheres das classes C, D e E, heterossexuais, entre 20 e 45 anos.  Período: 14 a 27 de fevereiro de 2001. Meios: TV, rádio, outdoors (609), cartazes (1.500.000), ventarolas (10.000.000). 

Televisão: Exibição de filme de 30" nos programas com maior audiência entre o público-alvo em redes nacionais abertas, alcançando nível de GRP domiciliar de 1071. 

Rádio: Veiculação de spot de 30" em emissoras FM e AM das cidades em que a festa de Carnaval possui maior público, além de Santos e Itajaí, centros urbanos importantes que apresentam grande incidência de casos de aids. 

Outdoor: Exibição de cartazes nas principais capitais e cidades da região litorânea. 

Os investimentos da campanha foram distribuídos entre as seguintes mídias: R$ 3.357,525,80 em TV; R$ 325.361,15 em rádio; R$ 468.697,60 em outdoor; R$ 250.194,50 em cartazes; R$ 1.584.882,50 em ventarolas.

AttachmentSize
Campanha Lado (JPG, 12.25 KB)12.25 KB